Themed
Marília confusa,
quem consegue desembaraçar esse emaranhado de pensamentos?
Nem ela mesma sabe como.
Maçante intensidade,
bendita arte de pensar,
sonhar, conflitar
Pois bem, no fim terá sentido
Ela crê
Ela descrê
Ela é só contradições unidas à anormalidade de ser Marília
- Marília Honorato
Por que devo me justificar a essas pessoas desprezíveis? Hipocrisia exacerbada de moralismo. Continuem destruindo as vontades inocentes de felicidade uns dos outros, enquanto minhas costas são vistas por vocês e minhas atitudes sem remorso são julgadas por quem não tem direito de o fazer. Complexos humanos.
- Marília Honorato

Chore sim, sorria por mim,

aproveite o prazer de ser vivo agora, permita o momento de ser assim. Dê lugar à segurança de ser um humano instável que busca a certeza do certo.

- Marília Honorato

Libere-se! Permita a seu corpo a liberdade de expressão. Não se puna tanto assim, são apenas seus instintos solicitando espaço em sua existência passageira. Nem todo prazer é pecado, você tem o direito de ser livre em felicidade também. Use-se, abuse-se, aproveite-se, sorria, dance, corra, sinta, respire, goste, ame, odeie, viva.
- Marília Honorato
Anonymous: eu so o anonymus, liga nao

Eu ligo para quem parece querer saber mais sobre mim, me agonia não saber quem é o autor de tantas perguntas… Mas okay, dou a você o direito de não se expor, de qualquer forma, sinta-se a vontade no meu perfil no tumblr, e não se ofenda com meus estresses momentâneos… 

Eu trocaria essa minha vida necessariamente maçante por um dia simples com você. Um breve momento onde eu poderia me perder em seus olhos e sorrisos, em prazeres de toques e gostos. Existiria apenas a satisfação do desejo realizado. Eu trocaria essa minha verdade de sonhos pela consumação de apenas um, você.
- Marília Honorato
Anonymous: e eu li seus textos ali no meus, quase sempre eh algo tristinho, ai quando sao imagens eh algo feliz

Pode ser. Quem é você?

Anonymous: o que voce nao pode mais viver? o que ja teve e quer ter novamente?? voce ta muito triste em, seus textos tavam mais felizes antes

Não posso mais viver muita coisa, muita coisa que já aconteceu e que já me fugiu o tempo de vivê-las, a vida é assim, feita de passagens impossíveis de serem paradas e/ou controladas. Muita coisa, tenho remorso de ter perdido pessoas, objetos, momentos, a inocência de pensamentos, por exemplo, embora tenha sido uma perca muito necessária, ou a perca de umas das pessoas mais fabulosas que já conheci, meu irmão de alma. Não estou triste não ‘kkk, eu sou de fases, meu caro anônimo, leia todos os meus textos, veja minhas imagens, sou oscilante, sou contraditória, sou indecifrável. 

Anonymous: ta apaixonada?

Estou começando a ficar, logo passa.